Escrevo este manifesto para demonstrar que se podem realizar acções opostas, ao mesmo tempo, num único e fresco movimento. Sou contra a acção; e em relação à contradição conceptual, e à sua afirmação também, não sou contra nem a favor.


Pedro Marques @ 17:30

Sab, 09/07/11

Morreu hoje o músico e musicólogo português Jorge Lima Barreto. O mais importante teórico da sua geração deixou-nos uma vasta obra de livros "Música Minimal Repetitiva"; "Zapp Estética Pop Rock"; "Rock & Droga" são alguns dos títulos. Foi, com Vítor Rua, membro fundador dos Telectu. Ler aqui o artigo que escreveu dedicado ao seu companheiro.

É uma grande perda para a cultura e para a música portuguesa. Morreu aos 61 anos, vítima de pneumonia. Ver notícia no Público.

Enquanto esperamos por alguma notícia oficial do governo a distiguir este nome maior da cultura portuguesa, não podemos deixar de indagar para onde vai o seu enorme espólio que contém milhares de discos, livros, instrumentos, escritos vários e outras coisas que qualquer país gostaria de ver catalogados e inventariados para consulta. Esperemos, pois.

Aqui o texto de António Barros sobre a sua vida.

E aqui o belo texto do blogue Nova Casa Portuguesa.



NCP @ 05:15

Ter, 26/07/11

 

Muito obrigado pela vossa honrosa menção ao nosso artigo.

Um abraço,

Nova Casa Portuguesa
(http://novacasaportuguesa.blogspot.com)