Escrevo este manifesto para demonstrar que se podem realizar acções opostas, ao mesmo tempo, num único e fresco movimento. Sou contra a acção; e em relação à contradição conceptual, e à sua afirmação também, não sou contra nem a favor.


Pedro Marques @ 17:03

Sab, 04/09/10

 

Se o Carlos Cruz fosse realmente inocente fazia o alarido que fez ontem, desmultiplicando-se em entrevistas, bradando aos sete ventos e às misteriosas brumas do seu advogado, alternando o insulto público aos magistrados com referências à própria família? Cavalgando a imagética de um Portugal medieval dos Távoras (Távoras na idade média? que pontapé) Carlos Cruz e o seu advogado puseram o estado de Direito nas ruas da amargura a propósito de uma suposta cabala contra a figura pública C. Cruz.

 

 

Os dois quiseram fazer crer, perante a comunicação social, de que há pessoas que querem muito mal ao C. Cruz. Porquê? Isso não se diz. Quem são essas pessoas? Não se pode dizer por medo de represálias. Isto é tudo credível? Para mim, não. Custa-me a engolir isto tudo.

Eu prefiro acreditar, apesar de tudo o que se possa dizer sobre a justiça portuguesa, que finalmente a justiça portuguesa pôde, apesar de todo o poder que C. Cruz supostamente tem (de prolongar um caso destes durante tanto tempo, por exemplo, com um dos melhores advogados portugueses), condenar os poderosos, aqueles médicos e advogados, apresentadores de televisão e figuras públicas que humilhavam menores para seu divertimento.

O que é verdade é que há vítimas. Vítimas de abusos continuados, a troco de presentes, dinheiro e sei lá que mais. E se as vítimas escolheram estas pessoas para acusar não é porque têm alguma coisa contra a figura pública C. Cruz mas sim contra o cidadão C. Cruz.

É claro que o apresentador vai usar de todos os meios para se defender (já percebemos), mas ainda não consigo perceber por que é que uma pessoa que passou de arguido a acusado continua a usar a comunicação social para se defender em praça pública. É um direito que ele tem, dir-me-ão. Concordo. Mas, se ele fosse realmente inocente fazia aquela figura?



Martins @ 12:49

Sex, 24/09/10

 

É engraçado mas começa o seu artigo realmente como tem que ser com um ponto de ? sim, um ponto de ?
Como podemos nós condenar alguém com ??????? eu digo! Como????? Nós temos que condenar sim, seja quem for, mas sem interrogações só com certezas e em Tribunal só á uma maneira, com PROVAS inequívocas . O "se calhar talvez" ou o "ouvi dizer" não dá o direito a ninguém mandar seja quem for para a cadeia! O tempo dirá.... não sei se o carlos Cruz é culpado ou inocente simplesmente não sei, mas prender alguém com os argumentos que estão naquele acórdão vergonhoso faz me lembrar o que me contaram do tempo da nossa famosa ditadura...

Este processo está muito confuso para quem não sentiu na pele 2 coisas!
Primeiro: quem nunca foi abusado Sexualmente
Segundo: quem nunca foi condenado injustamente

Ora eu o primeiro não me aconteceu (mas tentaram) enquanto o segundo já e foi por 2 vezes!!! È acreditem se quiserem, mas foi, a primeira vez por um documento “forjado” por um GNR que em tribunal foi Válido pois ele disse que se enganou ao preencher e colocou um “x” no lugar errado (em vez de ser no sim foi num não), então passou corretor para rectificar , o problema é que eu assinei o documento quando a cruz estava no NÃO !! ele (agente) teve a distinta LATA de alterar o documento (participação!) e ele disse em tribunal que foi engano……..claro que o tribunal acreditou o DÚBIA PRÓ RÉU ” já era!! Então fui condenado a uma multa de 500€ mais custas etc. etc.. ora pensem o que quiserem mas eu recorri, pois e imaginem o meu espanto quando a relação não me dá razão!!! PAGA e CALA-TE…. eu paguei e calei-me….
Da segunda vez foi mais grave ainda pois fui condenado a 1 ano de cadeia, substituído por multa diária no valor de alguns € que no final dá mais ou menos 2500€ (mais uns trocos), agora porquê? Pois eu fiquei como fiel depositário de um material apreendido, parte desse material desapareceu e foi vandalizado (em um armazém meu) e como eu estava fora do pais nessa altura o Juiz disse que a responsabilidade era minha pois tinha abandonado o material!!!!!! Eu acho que ele queria que eu andasse com ele ás costas! pois é o meu testemunho foi suficiente para me condenar, sem fazerem qualquer tipo de diligencias mesmo eles sabendo que outras pessoas poderiam ter acesso a esse material (eu dei nomes)… mas não o Zé aqui vai pagar pelo que não fez, fiquei com o meu registo Criminal sujo, e como não tenho dinheiro para recorrer, toma lá!!
E querem que eu acredite na JUSTIÇA!!!!!!!!!! Acredito na pedofilia como acredito em culpados, porque eles tem que estar em algum lado, agora SEM PROVAS NUNCA não se pode condenar ninguém sem provas, este pais tem uma bosta de justiça e ninguém faz NADA.
Casa pia:
Até agora toda a gente que julga sem provas dizia que o Carlos Cruz ia se safar, ” que não ia dar nada” porque era muito poderoso, agora que foi condenado, pelos vistos SEM PROVAS, já não é poderoso mas sim um verdadeiro PEDÓFILO, o povo queria SANGUE aqui está ele, mas eu como Português não vou sujar as minhas Mãos neste sangue sujo e imundo infestado de ouvi dizeres e sem certezas, vis desmontem do pedestal sejam humildes e acreditem no que sabem e não no que ouvem dizer.
As vitimas:

Claro que estes Garotos/homens sofreram vários abusos, também abusaram, e sofreram muito, aliás a maior parte deles seguiram o caminho delinquência muito típico de quem é molestado.
Agora a credibilidade de alguém que é apanhado no Brasil com Cocaína no estômago deixa muito a desejar, pois de certeza o que lhe pagaram para traficar é muito menos do que se lhe “pagassem” para mentir num caso destes. Alem de que já tinha recebido os "famosos 50.000€ ".
Agora vem os recursos, para mim este vai ser o julgamento do século, não pela importância do caso, mas para toda a gente saber que no nosso País se condena sem provas! è triste EU SEI que é MUITO TRISTE
O bastonário da ordem dos advogados escreveu um artigo este mês no jornal de noticias intitulado: A justiça dos Homens, se tiverem a oportunidade leiam.


[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

É engraçado mas começa o seu artigo realmente como tem que ser com um ponto de ? sim, um ponto de ? <BR>Como podemos nós condenar alguém com ??????? eu digo! Como????? Nós temos que condenar sim, seja quem for, mas sem interrogações só com certezas e em Tribunal só á uma maneira, com PROVAS inequívocas . O "se calhar talvez" ou o "ouvi dizer" não dá o direito a ninguém mandar seja quem for para a cadeia! O tempo dirá.... não sei se o carlos Cruz é culpado ou inocente simplesmente não sei, mas prender alguém com os argumentos que estão naquele acórdão vergonhoso faz me lembrar o que me contaram do tempo da nossa famosa ditadura... <BR><BR>Este processo está muito confuso para quem não sentiu na pele 2 coisas! <BR>Primeiro: quem nunca foi abusado Sexualmente <BR>Segundo: quem nunca foi condenado injustamente <BR><BR>Ora eu o primeiro não me aconteceu (mas tentaram) enquanto o segundo já e foi por 2 vezes!!! È acreditem se quiserem, mas foi, a primeira vez por um documento “forjado” por um GNR que em tribunal foi Válido pois ele disse que se enganou ao preencher e colocou um “x” no lugar errado (em vez de ser no sim foi num não), então passou corretor para rectificar , o problema é que eu assinei o documento quando a cruz estava no NÃO !! ele (agente) teve a distinta LATA de alterar o documento (participação!) e ele disse em tribunal que foi engano……..claro que o tribunal acreditou o DÚBIA PRÓ RÉU ” já era!! Então fui condenado a uma multa de 500€ mais custas etc. etc.. ora pensem o que quiserem mas eu recorri, pois e imaginem o meu espanto quando a relação não me dá razão!!! PAGA e CALA-TE…. eu paguei e calei-me…. <BR>Da segunda vez foi mais grave ainda pois fui condenado a 1 ano de cadeia, substituído por multa diária no valor de alguns € que no final dá mais ou menos 2500€ (mais uns trocos), agora porquê? Pois eu fiquei como fiel depositário de um material apreendido, parte desse material desapareceu e foi vandalizado (em um armazém meu) e como eu estava fora do pais nessa altura o Juiz disse que a responsabilidade era minha pois tinha abandonado o material!!!!!! Eu acho que ele queria que eu andasse com ele ás costas! pois é o meu testemunho foi suficiente para me condenar, sem fazerem qualquer tipo de diligencias mesmo eles sabendo que outras pessoas poderiam ter acesso a esse material (eu dei nomes)… mas não o Zé aqui vai pagar pelo que não fez, fiquei com o meu registo Criminal sujo, e como não tenho dinheiro para recorrer, toma lá!! <BR>E querem que eu acredite na JUSTIÇA!!!!!!!!!! Acredito na pedofilia como acredito em culpados, porque eles tem que estar em algum lado, agora SEM PROVAS NUNCA não se pode condenar ninguém sem provas, este pais tem uma bosta de justiça e ninguém faz NADA. <BR>Casa pia: <BR>Até agora toda a gente que julga sem provas dizia que o Carlos Cruz ia se safar, ” que não ia dar nada” porque era muito poderoso, agora que foi condenado, pelos vistos SEM PROVAS, já não é poderoso mas sim um verdadeiro PEDÓFILO, o povo queria SANGUE aqui está ele, mas eu como Português não vou sujar as minhas Mãos neste sangue sujo e imundo infestado de ouvi dizeres e sem certezas, vis desmontem do pedestal sejam humildes e acreditem no que sabem e não no que ouvem dizer. <BR>As vitimas: <BR><BR>Claro que estes Garotos/homens sofreram vários abusos, também abusaram, e sofreram muito, aliás a maior parte deles seguiram o caminho delinquência muito típico de quem é molestado. <BR>Agora a credibilidade de alguém que é apanhado no Brasil com Cocaína no estômago deixa muito a desejar, pois de certeza o que lhe pagaram para traficar é muito menos do que se lhe “pagassem” para mentir num caso destes. Alem de que já tinha recebido os "famosos 50.000€ ". <BR>Agora vem os recursos, para mim este vai ser o julgamento do século, não pela importância do caso, mas para toda a gente saber que no nosso País se condena sem provas! è triste EU SEI que é MUITO TRISTE <BR>O bastonário da ordem dos advogados escreveu um artigo este mês no jornal de noticias intitulado: A justiça dos Homens, se tiverem a oportunidade leiam. <BR><BR><BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>in</A> dúbio pró réu existe mas não é para todos… <BR><BR>Cumprimentos <BR><BR>

Pedro Martins @ 13:21

Seg, 03/10/11

 

Convidava todos os leitores a irem ao Google e colocar: "Ricardo oliveira casa pia you tube" E digam me a credibilidade deste Moço para terem acreditado nele.....
è VERGONHOSO como a justiça deixou este PAÍS, sim porque a culpa disto tudo é da nossa Justiça... mas infelizmente não adianta falar pois a critica é mais fácil do k fazer alguma coisa, e como eu ñ sou ninguem fico por aki.