Escrevo este manifesto para demonstrar que se podem realizar acções opostas, ao mesmo tempo, num único e fresco movimento. Sou contra a acção; e em relação à contradição conceptual, e à sua afirmação também, não sou contra nem a favor.


Pedro Marques @ 14:29

Sab, 20/02/10

Entrevista na televisão com Peter Gabriel, fiquei a ver, interessado, claro, é sobre o seu novo disco. Ele fala das suas influências e nas legendas aparece Steve Rois, Alvaro Pet e Stravinsky. E fico a pensar, Steve Rois? Será Steve Reich? Alvaro Pet? Será Arvo Part?

Mais tarde disse uma coisa que só se consegue dizer depois de muitos anos a fazer e a pensar música "dar toda a liberdade a um músico é castrá-lo."