Escrevo este manifesto para demonstrar que se podem realizar acções opostas, ao mesmo tempo, num único e fresco movimento. Sou contra a acção; e em relação à contradição conceptual, e à sua afirmação também, não sou contra nem a favor.


Pedro Marques @ 17:30

Ter, 01/12/09



Que simplicidade e beleza! Se gostarem vejam ainda este e este.


Tags: